DOENÇA DE SEVER: O CALCANHAR DE AQUILES DOS JOVENS ATLETAS


Imagem: https://www.physicool.co.uk/guide/snowboarders-ankle/

Embora as lesões façam parte da prática desportiva de um atleta, os jovens atletas sofrem, frequentemente, lesões que são únicas e específicas da idade. O pé e o tornozelo são uma fonte comum dessas lesões.

A lesão mais comum no pé e tornozelo encontrada entre os jovens atletas é uma condição chamada apofisite do calcâneo, também conhecida como Doença de Sever. Essa condição é mais comum em crianças entre os 8 e os 14 anos e as principais queixas incluem dor ao longo do dorso do calcanhar e desconforto ao longo do tendão de Aquiles. Em algumas crianças, a dor está presente durante a atividade, enquanto noutras crianças a dor ocorre após a conclusão da mesma.

Embora o nome possa parecer bastante assustador, a doença de Sever é realmente uma lesão comum no calcanhar que ocorre nos mais jovens. Pode ser doloroso, mas, por norma, é apenas temporário e não tem efeitos a longo prazo.

A apofisite do calcâneo é uma desordem óssea dolorosa que resulta da inflamação (inchaço) da placa de crescimento no calcanhar. Uma placa de crescimento, também chamada de placa epifisária, é uma área no final de um osso em desenvolvimento, onde as células da cartilagem se transformam, ao longo do tempo, em células ósseas. Quando isso ocorre, as placas de crescimento expandem-se e unem-se, resultando no crescimento do osso.

A doença de Sever é uma causa comum de dor no calcanhar em crianças em crescimento, especialmente aquelas que são fisicamente ativas. Geralmente ocorre durante o pico de crescimento da adolescência, o período de aproximadamente dois anos no início da puberdade, quando as crianças crescem mais rapidamente. Esse surto de crescimento pode começar a qualquer momento entre as idades de 8 e 13 anos, para as raparigas e 10 e 15 anos, para os rapazes. A doença de Sever raramente ocorre em adolescentes mais velhos porque a parte de trás do calcanhar geralmente termina de crescer aos 15 anos, quando a placa de crescimento endurece e os ossos em crescimento se fundem em osso maduro.

Imagem: http://ortopediaimperio.blogspot.com/2015/08/doenca-

O QUE É?

Durante o pico de crescimento da puberdade precoce, o osso do calcanhar (também chamado de calcâneo) às vezes cresce mais rápido que os músculos e tendões das pernas. Isso pode fazer com que estes se tornem muito “apertados” e sobrecarregados, tornando o calcanhar menos flexível e pressionando a placa de crescimento. O tendão de Aquiles é o tendão mais forte que se liga à placa de crescimento no calcanhar. Com o passar do tempo, o stress repetido (força ou pressão) no tendão de Aquiles, já estreito, danifica a placa de crescimento, causando o inchaço, sensibilidade e dor da doença de Sever.

Esse stress geralmente resulta de atividades físicas e desportos que envolvem corrida e salto, especialmente aqueles que ocorrem em superfícies duras, como corrida, basquete, futebol e ginástica.

A doença de Sever também pode ser resultado de ficar de uma longa permanência em pé, o que coloca uma pressão constante no calcanhar. Sapatos mal ajustados também podem contribuir para a condição, se não fornecerem suporte ou acolchoamento suficiente para os pés ou friccionando a parte de trás do calcanhar.

Embora a doença de Sever possa ocorrer em qualquer criança, estas condições aumentam as probabilidades de isso acontecer:

*Pronação do pé: (inclinação lateral interna do pé, ao andar), o que provoca tensão e torção do tendão de Aquiles, aumentando assim a sua tração na placa de crescimento do calcanhar

*Arcada plantar plana (pé chato) ou alta (pé cavo), que afeta o ângulo do calcanhar no pé, causando tensão e encurtamento do tendão de Aquiles

* Síndrome da perna curta (uma perna é mais curta que a outra), o que faz com que o pé da perna mais curta “dobre para baixo” para alcançar o chão, puxando o tendão de Aquiles

* Excesso de peso ou obesidade, o que coloca pressão na placa de crescimento

SINAIS E SINTOMAS

O sinal mais óbvio da doença de Sever é dor ou sensibilidade num ou nos dois calcanhares, geralmente na parte de trás. A dor também pode se estender para os lados e parte inferior do calcanhar, terminando perto do arco do pé.

Uma criança também pode ter os seguintes problemas relacionados:

*Inchaço e vermelhidão no calcanhar

*Dificuldade em andar

*Desconforto ou rigidez nos pés ao acordar

*Desconforto quando o calcanhar é apertado, em ambos os lados

*Coxear, ou caminhar na ponta dos pés, para evitar pressão no calcanhar

Os sintomas geralmente pioram durante ou após a atividade e melhoram com o repouso.

DIAGNÓSTICO

Um médico geralmente pode diagnosticar uma criança com a doença de Sever com base nos sintomas relatados. Para confirmar o diagnóstico, o médico provavelmente examinará os calcanhares e perguntará sobre o nível de atividade da criança e a participação em desportos. O médico também pode usar o teste de compressão, apertando a parte de trás do calcanhar, de ambos os lados ao mesmo tempo, para ver se isso causa dor. O médico pode, ainda, pedir que a criança fique na ponta dos pés para ver se essa posição causa dor.

Embora os exames de imagem, como os raios X, geralmente não sejam úteis para diagnosticar a doença de Sever, alguns médicos requisitam-nos, para descartar outros problemas, como fraturas. A doença de Sever não pode ser vista num raio X.

TRATAMENTO

O objetivo imediato do tratamento é o alívio da dor. Como os sintomas geralmente pioram com a atividade, o principal tratamento para a doença de Sever é o repouso, que ajuda a aliviar a pressão no osso do calcanhar, diminuindo o inchaço e reduzindo a dor.

Conforme indicado pelo médico, uma criança deve reduzir ou evitar todas as atividades que causam dor, até que todos os sintomas desapareçam, especialmente correr descalço ou em superfícies duras, pois o impacto forte nos pés pode piorar a dor e a inflamação. A criança pode fazer coisas que não pressionem o calcanhar, como nadar e andar de bicicleta, mas com autorização prévia do médico.

O médico também pode recomendar:

*exercícios de pé e perna para alongar e fortalecer os músculos e tendões das pernas

*elevar a perna e aplicar gelo (enrolado numa toalha, não aplicada diretamente na pele) no calcanhar afectado, durante 20 minutos, duas ou três vezes por dia, mesmo nos dias em que a dor não é tão má, para ajudar a reduzir o inchaço

*usar uma meia de compressão, que é projetada para ajudar a diminuir a dor e inchaço

Em casos muito graves, o médico pode recomendar que a criança use uma ortótese, durante 2 a 12 semanas para imobilizar o pé, para que este possa cicatrizar.

RECUPERAÇÃO E RECORRÊNCIA

Uma das coisas mais importantes a saber sobre a doença de Sever é que, com os devidos cuidados, a doença geralmente desaparece dentro de 2 semanas a 2 meses e não causa nenhum problema mais tarde na vida. Quanto mais cedo a doença de Sever for tratada, mais rápida será a sua recuperação. A maioria das crianças pode retornar à atividade física sem problemas, uma vez que a dor e outros sintomas desapareçam.

Embora a doença de Sever geralmente cicatrize rapidamente, pode ocorrer se medidas de longo prazo não forem tomadas para proteger o calcanhar durante os anos de crescimento de uma criança. Uma das mais importantes é garantir que as crianças usem sapatos adequados. Calçado de boa qualidade e bem ajustado com sola amortecedora ajuda a reduzir a pressão no calcanhar. Sapatos pesados, ​​ou com salto alto, devem ser evitados. Outras medidas preventivas incluem exercícios contínuos de alongamento e utilização de gelo, no calcanhar afetado, após a atividade.

Se a criança tiver um pé pronunciado, pé chato, ou cavo, ou outra condição que aumente o risco da doença de Sever, o médico pode recomendar inserções de sapato especiais, como palmilhas, ou cunhas, que amorteçam o calcanhar ao atingir o chão, ou reduzam a tensão no tendão de Aquiles.

Se uma criança está acima do peso ou obesa, o médico provavelmente também recomendará a perda de peso para diminuir a pressão no calcanhar.

O risco de recorrência desaparece por si, só quando o crescimento do pé está completo e a placa de crescimento se fundiu ao resto do osso do calcanhar, geralmente por volta dos 15 anos.

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior Mister que ideias tem para eu melhorar enquanto jogador?
Próximo Modernize o seu clube com o Software EMJOGO