Todos os tipos de modalidades desportivas apresentam um risco de lesão.

No geral, quanto mais contacto existe num desporto, maior o risco de contrair uma lesão. O caso do futebol de formação não é excessão.

No entanto, a maioria das lesões desportivas deve-se a excesso de uso, ou treino, ou seja, quando os ligamentos, tendões, músculos e ossos são sujeitos a stress excessivo.

Muito frequentemente, a prevenção de uma lesão desportiva está para além do nosso controlo mas, muitas vezes, este tipo de lesão pode ser facilmente tratada.

Este artigo apresenta algumas linhas gerais, acerca da prevenção e tratamento de lesões desportivas, incluindo as que ocorrem na prática de futebol. Cada caso é um caso, cada lesão é uma lesão e cada atleta é um atleta, pelo que, em caso de lesão, é recomendada a avaliação individual de cada um.

Como Reduzir o Risco de Lesões Desportivas?

* Descansar, pelo menos uma vez por semana e, pelo menos, um mês por ano

* Usar o equipamento adequado, tal como calçado ou equipamento de proteção

* Aquecimento muscular adequado

* Fortalecimento muscular, incidindo nos principais músculos usados na prática desportiva

* Aumentar a flexibilidade muscular, através de exercícios de alongamento após o treino, ou competição.

* Fazer pausas durante o treino, ou competição, pode diminuir o risco de lesão e prevenir problemas relacionados com o aumento da temperatura corporal

* Ingerir líquidos antes, durante e após o treino ou competição

* Evitar treinar durante períodos de muito calor e/ou humidade

* Evitar treinar com dor

* Usar roupa leve, prática e confortável

Stress Emocional Relacionado com o Futebol de Formação

A pressão para vencer pode causar um stress emocional significativo, nos jovens jogadores de futebol. Mas existem outros fatores importantes, para além da vitória: esforço, desportivismo e trabalho árduo.

Como Reduzir o Stress Emocional Relacionado com a Prática Desportiva?

Existem atividades que poderão ser praticadas, pelos jovens, como um complemento à prática do futebol e que ajudam a trabalhar corpo e mente, procurando o equilíbrio destas duas componentes:

* Relaxamento

* Meditação

* Mindfulness

* Yoga

* Outros

Tratamento de Lesões Desportivas

Normalmente as lesões desportivas são de leves a moderadas, existindo alguma destruição de fibras, mas as estruturas permanecem no seu lugar. A inflamação aguda é comum e pode apresentar um, ou mais dos seus quatro sinais/sintomas característicos: dor, rubor (cor avermelhada), edema (inchaço) e sensação de calor.

Nas primeiras 24 horas a terapia PRICE é muito útil, para ajudar a diminuir a inflamação:

Proteção da zona afetada (p.ex uso de tala, canadiana, etc)

Repouso (para prevenir o agravamento da lesão)

Ice = gelo (durante 20 minutos, de 2 em 2 horas, nas primeiras 48 horas)

Compressão (com uma ligadura elástica)

Elevação (da zona afetada, acima do coração)

Quando Procurar Um Médico?

Quando existe suspeita de uma lesão mais séria, ou houver presença de um dos seguintes sinais: deformidades no osso, ou articulação, incapacidade de aguentar o peso do corpo na zona afetada, edema excessivo, alterações na cor da pele, para além dos hematomas normais, não houver melhoras após alguns dias a fazer a terapia PRICE.

Top 7 das Lesões Desportivas Mais Frequentes

  1. Entorse do Tornozelo
  2. Estiramento dos Adutores da Coxa (virilha)
  3. Distensão dos ísquiotibiais (músculos posteriores da coxa)
  4. Canelite (dor na canela)
  5. Rutura do Ligamento Cruzado Anterior do joelho
  6. Síndrome Fémuro-Patelar (lesão da rótula)
  7. Epicondilite (lesão no cotovelo)

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior O Feedback no Futebol de Formação
Próximo A Palestra – Um passo à frente para o alcance da vitória