A maior parte de nós olha para o futebolista  e revê-se no glamour da sua vida, nas suas vitórias, nas suas conquistas. Mas muito poucos refletem no que foi necessário para ali chegar, nas cedências que teve de efetuar, nas festas que não pode ir,  nos dias de luta interior, nas derrotas, nas lesões porque passa diariamente.

Um futebolista de sucesso não se constrói em 90 minutos de jogo. É uma ilusão. Esse é o fruto de muitos meses de trabalho. O futebolista de sucesso é aquele que celebra as vitórias, é aquele que, nas lesões vislumbra sempre uma solução, que não se desmotiva no tempo perdido a recuperar da lesão, é aquele que dentro de campo e a perder, tem a perseverança de continuar em frente à procura da vitória, da solução, da alternativa.

A vida de um futebolista dentro de campo é igual à de um estratega e de um gestor. Só que este último, gere as suas perdas, as suas derrotas e tem tempo para refletir nelas, para encontrar uma alternativa. O futebolista , em campo, tem de fazer o mesmo mas  em escassos segundos e optar por um só caminho – procurar a vitória, encontrar alternativas, procurar soluções. A sua mente não se foca na derrota que está a sofrer mas em procurar resolver o problema. E não pensemos que é fácil, pois trata-se de um ser humano.

Daí que a Formação assume também aqui um papel fundamental na preparação do atleta, preparando-o para a adversidade, para as vitórias e para as derrotas.

O atleta que souber gerir o seu físico mas também a sua mente na procura da excelência, principalmente dentro do campo,  é aquele que está predestinado para o sucesso, porque não são acidentes de percurso que os detêm. São esses que lhe dão motivação para se superar.

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior PEDAGOGIA do DESPORTO e OBSERVAÇÃO de Pedro Sarmento
Próximo Ansiedade desportiva e aprovação Social