Clube Desportivo das Aves, fundado em 12/11/1930 tendo iniciado a sua atividade futebolística na época 1931/1932, localizado no concelho de Santo Tirso, com uma área de 6,16 Km2 e cerca de 8.500 habitantes, distrito do Porto, a sua equipa sénior milita na II liga Ledman LigaPro, nas equipas de formação tem actualmente os Juniores Sub-19 no Camp. Nacional 2ª Divisão e os restantes escalões nos campeonatos distritais da Associação Futebol do Porto.

Destaque para as três presenças no escalão maior do futebol português com a curiosidade de ter sido sempre o mesmo treinador que alcançou tais sucessos desportivos, Professor Neca que nas épocas 1984/1985, 1999/2000 e 2005/2006. Desde Julho de 2015 o clube através de AG de sócios aprovou a entrada da empresa Galaxy com o seu representante Luiz Andrade em que cedeu 75% do capital social da Sad pelo valor de € 750.000,00, ficando o clube com os 25% remanescente, Clube Desportivo das Aves, Futebol SAD.

Modelo da Formação do Clube Desportivo das Aves

“Play Aves” 2014-2020 – Slogan da Formação
Qual é a filosofia do Clube em relação à formação?

O Clube Desportivo das Aves, clube formador certificado pela F.P.F., tem por missão, formar jogadores com competência para a equipa sénior profissional do clube, em conjunto com a sua educação cívica, e com o desenvolvimento das atitudes e valores desportivos, pessoais e sociais. A sua visão é ser reconhecido como clube formador de referência do concelho/região do Vale do Ave, promovendo a sua força de imagem, da organização, da dimensão e do mérito do clube ao serviço dos seus associados e praticantes.
Com o seu Projeto Programa “Play Aves” 2014-2020, queremos colocar e manter as equipas de sub-19, sub-17 e sub-15 nos campeonatos nacionais da FPF.

Quantos atletas têm na formação e número de equipas por escalão?
Centro formação

Nesta época desportiva 2016-17, a formação do CD Aves tem cerca de 250 atletas distribuídos por 14 escalões, desde os sub-5 (petizes B) até aos sub-19, tendo 210 atletas federados registados na AF Porto. Perspetivamos para a próximo época, introduzir mais 3 escalões federados, uma de transição no futebol formação no escalão de futebol de 9 no escalão de infantis sub-13, uma outra no grupo de elite dos sub-10 (ficando com 2 equipas sub-10), e outra nos juniores de sub-18.
Faço referência que na corrente época desportiva para a constituição da equipa B do CD Aves, sub-23, tem no seu plantel, 14 jogadores oriundos da formação do CD Aves das últimas 4 épocas. Atualmente disputam o campeonato da elite pró-nacional da AF Porto, e na qual já garatiram a participação no Play-Off de acesso ao Campeonato de Portugal.

 

Existe uma forma de jogar igual para todas as equipas dos escalões de formação?
Treino Futebol 11

A determinação da forma de jogar, modelo de jogo, será a base de todo o processo de formação do jogador “Play Aves”, e terá a sua maior incidência durante o processo de formação dos escalões inseridos na nossa fase designada de “Competição”.
Definimos uma “Matriz de Modelo de Jogo”, intrínseca ao nosso Departamento de Formação, com conhecimento em reuniões de todos os treinadores e onde o sistema de jogo a adoptar por todos as equipas dos escalões da nossa fase de “Rendimento” e de “Competição” é o 1:4:3:3, e tem a variante do 1:4:4:2 em losângulo.
Também o sistema de jogo para o futebol de 7 das equipas dos escalões da fase “Formação” e “Iniciação” é o 1:2:3:1, com a variante do 1:3:2:1.
E o sistema de jogo para o futebol de 5 das equipas dos escalões da fase “Iniciação” será o 1:1:2:1, com a variante do 1:2:2.
O treinador para além de conhecer o modelo de jogador a formar e as suas etapas de formação, sabe que o projeto programa “Play Aves” está e estará sempre acima do treinador, e este terá que disponibilizar a sua experiência a favor do projecto.
Por outro lado, na nossa formação CD Aves, e nas substituições em situação de competição, o treinador tentará utilizar todas ou quase todas as substituições permitidas pelas leis de jogo correspondentes ao escalão, sendo obrigado a fazer as 5 substituições nas equipas B do futebol de 11.

Como são os treinos ao nível do futebol infantil e juvenil?
Treino Futebol 7

Os treinos são todos realizados no Complexo Desportivo do CD Aves, com a utilização de 3 blocos de horários, com juniores e juvenis com 4 treinos semanais, e dos juvenis B até aos benjamins conseguimos fornecer 3 treinos por semana. As equipas A, pelo menos tem um dos treinos em campo inteiro, e os juniores sub-19, com 2 treinos semanais a campo inteiro.

Qual é o perfil de jogador definido para a formação e clube?

O perfil de jogador definido é um atleta que tenha ATITUDE com as suas tarefas e funções em treino e em jogo, que tenha VELOCIDADE nas suas execuções e nas tomadas de decisão, que demonstre ESPÍRITO de equipa e gosto pelo clube, e que tenha sempre uma SOLUÇÃO no seu processo de aprendizagem do futebol e não arranje desculpas para essa progressão.
O slogan da formação é “Atitude, Velocidade, Espírito e Solução” AVES.

Como são os vossos treinadores enquadrados em termos de perfil por escalão?

A escolha dos treinadores obedece na sua maior parte ao perfil que a equipa/escalão necessita para melhorar a sua aprendizagem no futebol formação e numa menor percentagem no enquadramento por parte do treinador.
Acrescentamos que todos os treinadores são avaliados em vários parâmetros na qual são informados em reunião de Departamento.
É regra do Departamento de Formação CD Aves, nunca darmos à mesma equipa/escalão, a 3 época desportiva seguida ao mesmo treinador. E os treinadores já o sabem.
Por fim, referimos que temos treinadores de guarda-redes para todos os escalões.

Como é o processo de captação e prospeção?

A captação de atletas fasear-se-á, todos os anos, da seguinte maneira, faseada:
De forma fechada, numa 1ª fase no mês de junho e integrada nos horários dos treinos respetivos do escalão, numa 2ª fase no mês de agosto/setembro, isto é, no arranque do início dos treinos da época que irá começar, e convidando atletas referenciados pelo Departamento de Scouting, para treinar nas equipas do seu escalão.
Também de forma aberta, com a realização de torneios por escalão mas só com clubes da região e realizados num só dia, ou de manhã ou de tarde.

Nos escalões de formação, Ganhar ou Formar?
Centro formação

Para o CD Aves atingir a sua Missão e a sua Visão, temos a intenção de “formar… mas formar a ganhar”

O clube faz separação entre equipas de formação e competição? Como é feita a integração?

O clube dá oportunidades da pratica do futebol federado nos escalões de futebol de 7, mas com as escolhas da constituição dos plantéis em função da qualidade e pretensa evolução dos atletas na integração das equipas.

De que forma é feito o acompanhamento de desempenho escolar dos atletas?

O coordenador técnico é o responsável pela existência de um registo organizado e permanente do sucesso das taxas de retenção e aproveitamento de todos os seus jovens jogadores. Possuímos no nosso Regulamento Interno, a existência de mecanismos de incentivo e penalização, bem como formas de articulação com os pais dos jovens.
O coordenador técnico acompanha a vida escolar dos jogadores do clube em contacto com os Sr. Diretores das escolas cujos atletas frequentam.
O clube atribui o quadro de mérito desportivo por escalão, onde sobressaem os items de assiduidade aos treinos, atitudes e valores e a obrigatoriedade de apresentar ao treinador, as notas escolares por período letivo.

Que avaliação faz dos quadros competitivos ao nível da formação em Portugal, tem sugestões de melhoramento?

O nosso enquadramento ao nível dos quadros competitivos em Portugal é de que o modelo actual do nacional dos juniores sub-19, se devia aplicar ao nacional dos juvenis sub-17, pois com a nossa pertença à AF Porto, existem muitas equipas/clubes com qualidade, que se participassem numa 1ª divisão ou 2ª divisão de juvenis sub-17, os atletas iriam progredir muito mais, reparando que só existem sete clubes da nossa associação no nacional de juvenis, o que é muito pouco.

Segue o site FDF Futebol de Formação, como avalia o nosso trabalho e ocorre-lhe alguma sugestão?

O vosso trabalho é multidisciplinar no desenvolvimento da formação do futebol e só vem enriquecer e aumentar a informação de toda a comunidade desportiva envolvente no futebol formação.
A partilha de ideias e ideais é a forma mais rápida do crescimento, e por isso o site FDF Futebol de Formação está de parabéns, já que em pouco tempo de existência, conseguiu cativar muitas opiniões e sugestões válidas. Parabéns.
A sugestão era chegar às associações de futebol, as opiniões ou documentários das pessoas que estão no terreno, e assim sensibilizar os dirigentes para a melhoria dos recursos materiais para os clubes no desenvolvimento do treino desportivo.

Miguel Marques - O nosso entrevistado

Data de Nascimento: 15/02/1970
Naturalidade: Vila das Aves
Clubes representados:  CD Aves, FC Maia, FC Vizela
Cargo: Coordenador Técnico / Treinador adjunto / Preparador Físico
Curso/Formação: Licenciatura em Educação Física-UTAD, III nível de Treinador Futebol
Clube: Clube Desportivo das Aves

Website CD Aves Facebook CD Aves Formação

Obrigado ao Clube Desportivo das Aves e ao seu Coordenador da Formação Miguel Marques por esta entrevista, partilha de conhecimento e pela mensagem que nos deixam, mais conhecedores e enriquecidos sobre o futebol de Formação em Portugal.

Aos nossos leitores esperamos que tenham gostado, e podem deixar uma mensagem ao Coordenador Miguel Marques nos comentários aqui no site. Obrigado a todos.

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior Qual o papel dos pais na formação desportiva e pessoal do atleta?
Próximo O “Mourinho dos Infantis”