Futebol Processo de Formação Parte 2


Intervenção Pedagógica

A forma como o treinador age com os seus atletas e planeia a sua actividade, poderá levar ao sucesso ou insucesso do processo de formação. Ficam de seguida alguns aspectos importantes, relacionados com a intervenção pedagógica.

  • Feedback: ou informação de retorno. Durante a unidade de treino, os jovens praticantes devem receber, com a oportunidade e frequência adequadas, um conjunto de informações, de modo a corrigirem os seus desempenhos, bem como sentirem satisfação por um desempenho correcto.
  • Redução dos tempos de espera: os jovens chegam ao treino, sempre ávidos de movimento, predispostos para aprenderem, para se divertirem, enfim, para jogarem, se numa unidade de treino se verificarem elevados tempos de espera, várias situações ocorrem: menos tempos de aprendizagem, desmotivação, lesões e comportamentos de desvio.Com estas constatações, podemos verificar o quanto é importante, termos os jovens em movimento.
  • Trabalho por estações: este modelo de trabalho, acaba por nos dar resposta aos problemas anteriormente colocados. Com este modelo podemos optimizar o espaço que nos é disponibilizado, tendo todos os nossos praticantes em actividade, executando a mesma ou diferentes actividades.

Meios de treino

Os meios de treino, são os instrumentos/ferramentas que o treinador tem ao seu dispor, de modo a que os seus atletas aprendam determinados conteúdos, bem como desenvolvam algumas capacidades. Podemos considerar que o treinador tem ao seu dispor três meios de treino, ora vejamos:  

  • Jogo: este é o meio mais efectivo de treino, sendo o principal meio de treino ao nível dos escalões de formação. O treinador tem ao seu dispor duas formas de jogo: jogo formal e jogo condicionado. Denomina-se condicionado, devido ao facto de o treinador poder realizar condicionamentos em relação ao jogo formal, como por exemplo: redução do número de jogadores e/ou redução do espaço de jogo, limitar o número de toques na bola, a bola ter que passar por todos os colegas, etc..

 Estes condicionamentos irão promover um maior e melhor desenvolvimento das capacidades técnico-tacticas, devido a uma participação muito mais efectiva no jogo (muitos passes, remates, desmarcações, etc..)

  • Exercício: o exercício deverá ser colocado ao jogador sob forma de situação problema, (relativa à própria situação do jogo) de modo a que este o consiga ultrapassar. O comportamento daqui resultante, deverá ir ao encontro daquilo que o treinador pretende ensinar. Na elaboração de cada exercício devemos ter presente,que o mesmo deverá ser realizado a uma velocidade óptima e deverá ter um objectivo quantitativo ( ex: 5 passes = 1 ponto). Também neste meio de treino podemos colocar alguns condicionamentos.

Jogos pré-desportivos: demonstram ter uma fulcral importância na aprendizagem de qualquer modalidade, devido ao facto de uma forma simples, possuírem um conjunto de comportamentos básicos, característicos dos desportos colectivos.

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior O Meu Guarda-Redes !!!
Próximo O legado de Johan Cruyff para o Futebol de Formação