O Sport Lisboa e Benfica, como clube de referência e modelo positivo de comportamentos volta a inovar! O clube desenvolveu na época 2017/18, em parceria com o Muda O Teu Jogo, a primeira Academia de Pais em Portugal. Numa iniciativa apadrinhada pelo PNED – Plano Nacional para a Ética no Desporto, a Escola de Futebol do Benfica de Aveiro foi a primeira a implementar o projecto-piloto deste modelo disruptivo que se saldou num enorme sucesso.

1. A Ideia
Cartaz do Projecto iniciado na época 2017/18

Todos temos consciência da crescente presença e importância dos pais na experiência desportiva dos seus filhos.

Os jovens atletas aprendem a sê-lo diariamente com o treino e com o feedback dos seus treinadores, colegas, etc. Têm testes semanais em que outras equipas lhes proporcionam o desafio necessário para a avaliação desse crescimento.

Os treinadores aprendem a sê-lo diariamente com o feedback dos seus atletas e dos seus pares e mentores, realizando testes periódicos às suas competências nos jogos e na sua formação contínua.

E os pais? Também aprendem diariamente a sê-lo. Com a vida, claro está. Mas quem os ajuda com o feedback regular necessário nesta tarefa tão delicada para a qual nunca ninguém está verdadeiramente preparado? Quem potencia, ao lado dos progenitores, o desenvolvimento dos bens mais preciosos que cada pai e mãe têm?

Através da partilha de aprendizagens, olhares e experiências, a Academia de Pais afirma o seu maior propósito que é o de estimular o crescimento colectivo da equipa mais importante da nossa civilização, a Família, através deste poderosíssimo veículo de aprendizagens que é o desporto.

2. A Equipa
Anabela Silva e Renato Moedas, Capitães de Equipa da Academia de Pais com o Código de Conduta produzido

E assim, com um grupo de Mães e Pais que investem o seu bem mais precioso – o tempo – a treinar para que os seus filhos desfrutem cada vez mais da modalidade que escolheram, se construiu uma verdadeira Equipa de Mães e Pais!

De facto, segundo Anabela Silva e Renato Moedas, capitães da equipa da Academia de Pais da Escola de Futebol do Benfica de Aveiro: “a academia de pais permitiu-me ter tempo para refletir nas minhas atitudes enquanto mãe de um atleta e perceber que muitas das vezes aquilo que eu achava que estava a fazer ou dizer para o ajudar tinha o efeito contrário. Recomendo a todos os pais e mães. É uma forma de perceber o turbilhão de emoções que os nossos filhos experimentam na prática desportiva e de aprender a ajudá-los a lidar com isso.“, refere Anabela. Já para Renato: “A Academia de Pais, permitiu-nos trocar experiências, aprender a lidar com os desafios de ser pai/mãe  de um atleta. Aprender a controlar/corrigir comportamentos/atitudes. Foi um excelente espaço de reflexão com exemplos práticos, vividos por cada um de nós. Para concluir, o que interessa são os nossos filhos, as suas opiniões e que se divirtam. Afinal, é só um jogo.

3. O Trabalho

Durante a época os Pais e Mães que aderiram à iniciativa tiveram treinos periódicos regulares e sistematizados, em que foram treinadas várias competências decisivas para optimizarem a participação desportiva dos seus filhos e a sua própria. Sob o lema “Como Ajudar o Meu Filho a Ser Mais Feliz?” abordaram-se as diferentes etapas do crescimento, o triângulo do desenvolvimento desportivo, a inteligência emocional, a conciliação escola-desporto, a relação com os diversos agentes desportivos, o alto rendimento e a aplicação do Treino Mental a todo o desafiante trabalho em equipa inerente a este processo.

Academia de Pais e Treinadores da Escola de Futebol do Benfica de Aveiro

A adesão à Academia de Pais foi muito satisfatória, tendo os treinos dos pais e mães contado sempre com a presença activa dos treinadores dos seus filhos num trabalho que requer a construção e manutenção de canais de comunicação eficazes entre jovens, familiares e treinadores. Para o clube e seus treinadores a experiência não poderia ter corrido melhor, devendo ser rapidamente replicada noutras academias. Para Carlos Bento, Director Técnico da escola: “a Academia de Pais foi uma excelente iniciativa. Fez com que os pais começassem a entender o futebol e principalmente o papel deles na formação de uma forma diferente. A ideia de quererem o melhor para os filhos não pode passar apenas pelo querer que ganhem jogos mas sim como os animar e manter felizes a fazer o que mais gostam. Penso que somos uma escola privilegiada por conseguirmos ter pais conscientes da realidade do futebol de formação mas claro que também temos excepções e por aí a Academia de Pais fez um grande trabalho. Nem todos participaram mas os que o fizeram passaram a mensagem e isso já é uma vitória. Parabéns a eles e obrigado pelo esforço.

O ponto alto deste trabalho decorreu no passado dia 7 de Julho durante a festa de encerramento da época desportiva 2017/18. Nessa ocasião foram entregues aos treinadores, pais e atletas cópias do Código de Conduta elaborado pelos próprios pais no decurso dos seus treinos. O documento não pretende ser um guião moralista, tentando antes revestir-se dum cariz positivo, prático e potenciador da felicidade desportiva de quem o utilizar.

4. O Futuro

No futuro acreditamos que esta iniciativa se poderá replicar por outras academias de futebol e de outras modalidades, marcando um claro ponto de viragem para a inclusão efectiva dos Pais no processo de desenvolvimento desportivo dos seus filhos. Como? Capacitando-os para perceberem melhor as diferentes etapas do caminho e assim optimizarem a sua participação numa equipa que partilha o objectivo comum de ajudar a formar os líderes de amanhã.

Festa de Encerramento da Época 2017/18

Uma coisa é saber o que deve ser feito para mudar. Outra, bem diferente, é ter a coragem necessária para mudar. O Sport Lisboa e Benfica mostra-nos assim, com mais esta iniciativa pioneira em Portugal, o que o torna realmente diferente.

Mãe e Pai, o Sport Lisboa e Benfica Muda O Teu Jogo.

E as famílias portuguesas agradecem.

Links úteis:

http://www.pned.pt/recursos-pedagogicos/recursos-pais.aspx

https://www.slbenfica.pt/pt-pt/agora/noticias/2018-2019/07/09/escola-futebol-benfica-treinos-abertos-aveiro

https://www.facebook.com/escolabenficaaveiro

http://www.mudaoteujogo.pt/

1 Comentário

  1. Ribeiro
    13 Julho, 2018
    Responder

    A Associação de Futebol de Leiria implementou na época 2015/16 o Programa “Saber Estar no Futebol”, um projecto composto por três fazes sendo a ultima fase lançada na época de 2017/18.
    Quando surgiu a ideia e quais os objectivos estratégicos deste programa?
    Esta iniciativa iniciou-se na época desportiva 2015/16 tendo como objetivo central contribuir para o desenvolvimento harmonioso da personalidade dos jovens atletas, assente em sólidos valores desportistas. Este aspeto é fundamental para a formação do” Homem do Amanhã” e está intimamente ligado aos comportamentos que os familiares desses atletas tem durante os Jogos e ou Treinos, assim, o Saber Estar no Futebol da AFLeiria irá promover ao longo de três épocas desportivas um Programa que tentará ajudar a erradicar os comportamentos inadequados que por vezes surgem num jogo de futebol, promovendo uma conduta exemplar de todos os intervenientes deste desporto.
    A 1ª fase além da entrega de 7000 livros, as reuniões com os clubes versou essencialmente à volta de que problemas?
    Numa 1ª fase a direção da AFLeiria realizou três ações descentralizadas de sensibilização. Nestas ações foi apresentado o Código de Ética, dirigido a todos os que têm influência direta ou indireta na formação dos jovens atletas, visando a promoção do fair play. Foi ainda relembrado o papel fundamental que o diretor de equipa, enquanto elo de ligação entre o jogador e o ambiente desportivo, tem na prevenção/dissuasão de comportamentos inadequados, podendo assim, contribuir para evitar o abandono precoce dos jovens atletas da prática desportiva.
    Estas ações de sensibilização terminaram com a realização de inquéritos anónimos a todos os presentes, que tiveram como objetivo ajudar a AFLeiria a auscultar a opinião de quem anda no “terreno” e a obter novas ideias de intervenção para melhorar comportamentos. Após análise destes inquéritos, os mesmos foram divulgados junto aos Clubes.
    Em paralelo a estas sessões a AFLeiria entregou aos Clubes Filiados com escalões de Infantis, Benjamins, Traquinas e Petizes, um livro com o Código de Ética e Fair Play por cada atleta inscrito, para que estes levassem para casa, sensibilizando assim os respetivos familiares.
    Quais são os principais destinatários deste programa?
    Como já referi, numa 1ª fase os destinatários foram os Diretores e Treinadores das equipas, estamos agora na segunda fase que será mais focalizado nos familiares dos atletas. No entanto é de realçar que todo este programa tem como objetivo a Defesa do Jovem Praticante, ou seja os destinatários finais são os Jovens Atletas que de certeza terão uma melhor e mais correta formação se não assistirem a atos menos próprios de todos os intervenientes num jogo de futebol.

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior A OBSESSÃO PELO RESULTADO
Próximo ENTREVISTA: FERNANDO SANTOS COORDENADOR TÉCNICO DA FORMAÇÃO ASS. ACAD. SANTARÉM