E se o seu filho não gostar de jogar Futebol? Então, o que Fazer?


“O Meu filho não joga futebol, não gosta de jogar, nunca gostou, já tem 8 anos e continua a não gostar” “o meu filho só anda no futebol porque tem de fazer desporto e tem lá os amigos” … “o pai, o avô, o tio, o padrinho querem que ele jogue futebol”, são frases que alguns pais dizem com uma certa preocupação, porque esse facto marca socialmente as crianças nos recreios da escola e não só. Não têm muitos amigos com quem brincar, já que a grande maioria adora jogar futebol. O que fazem estas crianças? Encontram outras crianças que também não jogam futebol, às vezes são meros espectadores do jogo e não participam, muitas vezes brincam sozinhas, geralmente não têm um grupo fixo de amigos com os quais possam compartilhar momentos de lazer e brincadeira na escola.

A questão é, há algum problema por uma criança não gostar de futebol? Não!

Mas a realidade mostra-nos que estas crianças estão a ser socialmente marcadas, afastadas do grupo e muitas vezes marginalizadas, um bom exemplo é não serem convidadas para as festas de aniversários…

Mas existem outras razões para que uma criança não goste de jogar futebol podem ser muitas, mas as duas mais comuns ou mais frequentes serão:

  • Psicomotricidade e/ou a Habilidade.
  • A timidez e/ou a falta de confiança.

Como ajudar a criança a integrar-se na escola se não joga futebol? O que os pais podem fazer para ajudar os seus filhos se não jogam futebol?

– Não obrigue a criança a jogar. Se ela não gosta de futebol, não gosta e pronto. Não há razão nenhuma para a inscrever numa escola de futebol e forçá-la a participar e a competir na modalidade.

– Interceder junto da escola para que promovam outras actividades nos recreios e inclusive propor que alguns dias não haja futebol para incentivar as crianças que não jogam futebol a relacionar-se com as que o fazem.

– Não pressionar a criança a jogar futebol nos recreios ou fora deles. A única coisa que irão conseguir é que fique aborrecida, frustrada por algum erro cometido e com isso se sinta prejudicada na sua autoestima.

– Incentive a criança a encontrar outros meninos e meninas que como ela desfrutem de outras actividades.

– Podemos ajudar a criança a identificar que desporto ou actividades ela mais gosta de praticar/fazer e potencializá-las. Pode ser qualquer outro desporto que faça parte do desporto escolar ou não… Os pais e professores podem ajudar a que a criança seja pró-activa, e seja ela quem proponha brincadeiras entre as crianças que querem jogar futebol ou entre aquelas que não querem.

– E, é claro, devemos promover a autoestima e a confiança da criança, para que se os demais lhe apontarem o dedo porque não joga futebol, ela saiba reagir às críticas e que isso não prejudique a sua personalidade.

Nota: Promova a segurança e autoestima da criança, será mais fácil para ela relacionar-se.

A existência de algum complexo (real ou imaginário) também pode ser a causa para uma criança se isolar, por medo de ser gozada pelas outras crianças. O usar óculos, um corte de cabelo que não goste…ou até alguma limitação física, podem levar a criança a isolar-se. Os pais devem estar atentos e procurar não provocar nem potenciar esse complexo com a sua atitude.

Ajude o seu filho a sentir-se bem consigo próprio no dia-a-dia e a fazer o que gosta.

O que fazer se meu filho não gosta de jogar futebol… ajude-o a descobrir outro Desporto.

Programa de Educação Olímpica

Praticar um desporto é muito benéfico emocionalmente para as crianças: aprendem a superar-se, a sacrificar-se, a esforçar-se, a trabalhar em equipa, a perder, a ganhar, a adquirir disciplina, a socializar e lidar com a frustração. Isso sem mencionar as vantagens físicas.

Informe-se junto do professor de Educação Física do seu filho quais as aptidões demonstradas nas modalidades do desporto escolar praticadas a que se adapta melhor ou mais gosta!

Comece por consultar o web-site do Desporto Escolar em Portugal e descubra a Visão, Missão, Valores, Modalidades, Competições, Projectos e Centros de Formação.

Lembre-se que o futebol não é o único desporto no mundo, há uma enorme variedade deles!

Sem comentários

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anterior Como sei que o Treinador do Meu Filho é Bom?
Próximo 12 Regras para Pais no Futebol de Formação